Falar do carboidrato não é muito fácil, o danado tá em todo lugar e é responsável por essa gordura chata que é difícil de perder, mas tem seus pontos positivos e hoje vamos falar deles, ok?. Os carboidratos são importantes para evitar a fadiga, já que há relatos que mostram sua eficiência quando usado no pré-treino, pós ou até mesmo intra treino. Os estoques de glicogênio e a glicemia são fatores importes, quando se trata de fadiga. O tipo de carboidrato consumido antes, durante ou depois da prática da atividade física estão relacionados com os resultados no qual você deseja. Então jovens, comam pizza intra treino, ok? brincadeiras a parte rs. A Quantidade de carbo vai depender da intensidade do seu treino, pois como já sabemos existe carbo de baixo, médio e alto ig, e são eles responsáveis pelo estoque de glicogênio e glicemia. Bom, diversos estudos mostram que a ingestão de carbo melhora a performance em treinos prolongados ( 1h30 +-). A ingestão de carbo durante o exercício prolongado melhora o desempenho do mesmo, e ainda pode retardar a fadiga em modalidades nas quais envolvem exercícios de alta intensidade, prevenindo então a queda da glicemia. É bem sabido que uma dieta rica em carboidratos após a pratica de exercícios prolongados aumenta o estoque de glicogênio muscular e hepático, tendo a capacidade de executar exercícios submáximos quando comparada com o consumo de uma dieta normal\livre. Como o carboidrato é a nossa primeira fonte de energia, digamos que você terá um maior rendimento se o mesmo estiver alto, caso contrário haverá uma queda na glicose e conseqüentemente seu rendimento cairá. Algumas dietas são baseadas em grandes quantidades de batata, arroz e grão, mas lembrem-se não necessariamente precisamos comer isso, até porque se torna algo monótono e enjoativo, logo, teremos um problema para comer o suficiente e manter o balanço energético. Os carbos tem uma função interessante em relação a manter os níveis de glicose sérica durante um exercício logo o mesmo tem a função de repor o glicogênio muscular.

Observação: Em relação ao carboidrato e a fadiga muscular, é importante a realização de novos estudos para esclarecimentos do mesmo.

Considerações e afins: Quando citei uma dieta rica em carbo em relação a uma melhora no treino, não quis dizer que dietas com restrições abaixo do normal não terá resultado, pelo contrário, tudo depende da estratégia utilizada.

%d blogueiros gostam disto: